domingo, 13 de fevereiro de 2011

Cais do Corpo - Braulio Tavares

De Braulio Tavares


"eles
que têm
uma mulher
em cada porto


elas
que têm
um homem
em cada navio

(quente é o cais do corpo,
quando o mar é frio) "
 
Obtido em:http://www.jayrus.art.br/Apostilas/LiteraturaBrasileira/VanguardasPoeticas/Braulio_Tavares_poesia.htm
 
 
Braulio Tavares, um paraibano que adotou o Rio ou pelos cariocas foi adotado.  É poeta, escritor, músico, roterista...e por aí vai. No link acima tem uma entrevista com ele que nos permite conhecer um pouco mais do poeta. Cais do Corpo coloca em uma perspectiva dialética a questão sempre posta do marinheiro que tem uma mulher em cada porto, ou são elas que têm um homem em cada navio? O corpo é o cais dos amores possíveis. Interessante que essa é a segunda poesia com esse título que publico aqui no Cargueiro de Letras.
Por